Sig + Recicleiros

Assista Agora

Se você não pode participar, confira agora através dos vídeos abaixo todo o conteúdo que rolou no Seminário Sig + Recicleiros: Logística Reversa de Embalagens Pós Consumo.

Sabrina Gimenes de Andrade e a visão do ministério do meio ambiente

A visão do setor empresarial sobre coleta seletiva e logística reversa

Flávio de Miranda Ribeiro e o papel do Estado perante a lei

Responsabilidade Compartilhada por Rafael Henrique

Sobre o evento

Porque você deve participar desse seminário

Da mão do consumidor até a reciclagem.

O material que um dia embalou um produto precisa fazer um longo caminho para ter uma destinação final ambientalmente adequada e a responsabilidade de fazer isso acontecer envolve muitos atores.

No seminário “Logística Reversa de Embalagens Pós Consumo e Coleta Seletiva Municipal”, reuniremos especialistas para apresentar e discutir suas visões sobre como o poder público e a iniciativa privada podem atuar em sinergia, viabilizando dois importantes instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos: a coleta seletiva municipal e a logística reversa de embalagens.

Se você é gestor público, técnico da administração municipal, representante de empresa que comercializa produtos embalados, acadêmico da área, representante de organização de catadores ou técnico do setor, não perca essa oportunidade de discutir em alto nível com especialistas no assunto.

Coleta Seletiva Municipal e Logística Reversa de Embalagens, juntos.

Coleta Seletiva Municipal como instrumento de Logística Reversa de Embalagens

A coleta seletiva é um desafio tão grande para as os municípios quanto o estabelecimento de sistemas de logística reversa de embalagens é para o setor empresarial.

Entretanto, é justamente na convergência dos esforços e interesses dos setores público e privado que mora uma das alternativas mais eficientes de aumentar de maneira definitiva os números da reciclagem no Brasil por meio da efetivação do princípio da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos.

Incentivando e qualificando a atuação de organizações de catadores inseridas nos sistemas de coleta seletiva municipal, as empresas que comercializam produtos embalados realizam a logística reversa de maneira econômica e inclusiva, enquanto proporcionam uma forma viável para que o poder público cumpra seu papel de coletar e destinar a fração seca do resíduo domiciliar de maneira ambientalmente mais adequada do que a disposição final em aterros.

No seminário serão abordadas alternativas para harmonização destes conceitos e das responsabilidades de cada ator do sistema e também serão apresentados cases onde esta lógica vem sendo aplicada.

Logística Reversa – Da Geração à Destinação

logistica reversa

Com a palavra

O Presidente

A produção industrial representou um grande avanço e trouxe inúmeros benefícios para as pessoas. Contudo, essa evolução desencadeou uma série de desafios relacionados à sustentabilidade do planeta e ao comprometimento dos serviços ambientais que ele oferece.

Nesse contexto, a questão dos resíduos sólidos e o cenário proposto pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), especialmente no que tange a logística reversa de embalagens, é um dos principais desafios da atualidade. É preciso realizar de maneira eficiente, inclusiva e efetiva a captação, transporte, separação e destinação final, ambientalmente adequada, das embalagens geradas no território nacional, respeitando as oportunidades de trabalho dos que vivem da coleta de recicláveis.

A SIG tem esta preocupação em seu DNA e ela está refletida em sua estratégia de sustentabilidade Way Beyond Good. Em linhas gerais, queremos ser uma empresa de impacto positivo, ou seja, oferecer à natureza e à sociedade mais do que recebemos deles. Também esperamos ajudar nossos clientes e a nós mesmos a atender às demandas de sustentabilidade cada vez maiores dos mercados que mudam em ritmo acelerado E, claro, nos adequar às legislações vigentes, como a PNRS.

Assim, organizamos este evento com o intuito de ajudar a criar as importantes bases para o desenvolvimento de modelos que viabilizem o cumprimento das metas e objetivos de todos os atores envolvidos. Temos satisfação de fazer parte dessa missão e nos empenhar para ajudar a construir este novo capítulo da história.

Sejam bem-vindos e aproveitem o evento.

PALESTRANTES

No palco do seminário

Conheça os profissionais que irão participar do seminário:

RECICLEIROS

Erich Burger Netto

É administrador de Empresas formado pela PUC-SP e Empreendedor Social. Ciclista, apaixonado por esportes, atuou por anos em empresas...

FLESBERG ADVOGADOS

Fabrício Dorado Soler

Sócio conselheiro responsável pelo Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Felsberg Advogados com notória atuação na área de resíduos sólidos, atuando com a Política...

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

Sabrina Gimenes de Andrade

Possui graduação pela Universidade Federal de São Carlos (2000), mestre em saude pública pela FIOCRUZ . Atualmente é coordenadora de resíduos sólidos do Ministério do Meio Ambiente e da Amazônia...

RECICLEIROS

Rafael Henrique

É Engenheiro, Designer de Sustentabilidade e Empreendedor Social. Tem formação técnica em eletrônica, graduação superior em engenharia...

CETESB

Flávio de Miranda Ribeiro

Gerente do Departamento de Resíduos Sólidos CETESB Engenheiro Mecânico com Especialização em Gestão e Tecnologias Ambientais (USP), Mestrado em Energia (USP)...

Programação

O seminário "Coleta Seletiva Municipal Como Instrumento de Logística Reversa de Embalagens - Desafios, Riscos, e Oportunidades para o Cumprimento da PNRS" foi elaborado para oferecer um ambiente de conhecimento e transformação para os envolvidos neste mercado que estão dispostos a ampliar a visão sobre como os temas de logística reversa e coleta seletiva municipal podem (e devem) estar alinhados.


horario 8:00h

Abertura e Palavra do Presidente
horario 8:30h Apresentação dos especialistas e abertura do Painel:
Logística Reversa de Embalagens Pós Consumo e Coleta Seletiva Municipal. Riscos, Desafios e Oportunidades Para o Cumprimento da Lei 12.305
horario 10:30h Respondendo as perguntas da audiência
horario 12:00h Encerramento

Inscreva-se para participar

Não perca a oportunidade de marcar presença no seminário mais completo sobre o tema.
*Clique em quero participar. Você será redirecionado para outra página para concluir a sua inscrição.



Veja como chegar

Local:
SIG Combibloc do Brasil

Endereço:
R. Funchal, 418 - Vila Olímpia - São Paulo/SP
Localizado a 3 minutos da estação de Trem Vila Olímpia na Via Prof. Simão Faiguenboim, 7522

Estacionamento no local

Outros:
Icó Estacionamento: R. Funchal, 375
Guardian Estacionamento: R. Funchal, 446

carro

19 minutos de carro do centro de SP

trem

3 minutos da estação de Trem Vila Olímpia.

walk

12 minutos a pé da Av. Brig. Faria Lima. Diversas rotas de ônibus

bicicleta

38 minutos de bicicleta do centro via Av. Brig. Luis Antonio

A Política Nacional de Resíduos Sólidos

Após um longo período de trâmite no congresso nacional, em dezembro de 2010 a lei 12.305 foi sancionada e passou a valer em todo o território nacional.

Inspirada em experiências de países desenvolvidos, mas adaptada às necessidades e realidades sociais e ambientais do Brasil, a Política Nacional de Resíduos Sólidos representa um marco histórico para o setor de resíduos sólidos no país.

A Lei estabelece como importante princípio o reconhecimento do resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania, enquanto estabelece uma hierarquia que privilegia o aproveitamento do recurso tendo a disposição final como alternativa apenas quando esgotadas outras possibilidades viáveis do ponto de vista técnico e econômico, em um claro estímulo ao reaproveitamento e reciclagem dos materiais.

Neste contexto temos a Logística Reversa de Embalagens Pós Consumo como um importante recorte da legislação e um enorme desafio para o setor empresarial que comercializa produtos embalados e passa a ter a responsabilidade de garantir a destinação final ambientalmente adequada de suas embalagens, bem como para os municípios que tem sua parcela de responsabilidade na prestação de serviços adequados de coleta seletiva para os munícipes.

Na convergência dessas responsabilidades mora a oportunidade de cumprir os princípios da Política com economia e eficiência, entendendo que colocá-la em prática é responsabilidade de todos.

Lei 12.305

Tem alguma dúvida ou pergunta sobre o tema?

Tem alguma dúvida sobre o evento ou pergunta que gostaria de ver respondida no dia do evento? Mande uma mensagem para nós!

Seminário Sig + Recicleiros
realização

© Copyright 2018 Recicleiros. All rights reserved. Criado por Ag.